Temas quentes na Arquitetura em 2019

2018 já é passado, no entanto, nos deixou uma série de aprendizados e novos conhecimentos, que nos permitirão enfrentar com melhores ferramentas o desafio de 2019. Que surpresas este ano nos trará?

Como principais tendência da arquitetura, podemos destacar: construções com bambu, arquitetura social, arquitetura rural e a abordagem de uma era digital. Assim sendo, descubra tudo o que você precisa saber para começar este 2019 com temas quentes sobre arquitetura!

Temas de Coworking – A mutação dos espaços de coworking em espaços de design

Depois de restaurantes, hotéis ou bares, os espaços de coworking se tornam um novo playground para designers de interiores e arquitetos.

O conceito coworking é híbridos, onde a vida pessoal e profissional se entrelaçam. Estes espaços abertos competem com a imaginação para atrair freelancers e startups do futuro.

Em Varsóvia, capital da Polônia, podemos encontrar um coworking de aquário, enquanto em Brno, na República Tcheca, há uma antiga cervejaria que foi transformada em um espaço de trabalho coworking.

No Brooklyn, uma antiga fábrica de papel agora abriga trabalhadores independentes, assim como o lendário clube de Londres, The Ministry of Sound, que agora abriga um espaço de coworking projetado por arquitetos.

Podemos ver que há diversos exemplos pelo mundo. E mesmo no Brasil, já existem diversos espaços coworking.

Decoração de inspiração asiática

A maioria das pessoas querem apenas uma coisa dos ambientes de suas casas, que estes sejam relaxantes. Então essa nova tendência irá marcar a arquitetura em 2019! Este conceito tem inspiração no estilo asiático.

Todavia, não é a primeira vez que o continente asiático nos inspira! Cores doces, papéis de parede de flores de cerejeira, e papel de seda, são as marcas desse tipo de arquitetura.

Combinações arriscadas
O mercado oferece uma variedade de estilos e cores em todos os materiais de construção, sendo difícil escolher uma única opção. É por isso que neste ano, as cores serão a tendência, com uma infinidade de possibilidades. para combinações e texturas.

Amarelo em suas diferentes tonalidades; Do rosa antigo ao vermelho melancia; Azulejos com texturas que imitam veludo cotelê ou tweed.

Em suma, uma explosão de texturas e cores que afetará a construção e decoração de casas e espaços de trabalho, para assim, criar espaços cheios de vida.

O novo minimalismo

A tendência para o minimalismo na arquitetura se traduz em um compromisso com formas simples, usando materiais modernos e de vanguarda. Projetos minimalistas estão em alta demanda, desde casas, até em hotéis, assim como em prédios de escritórios e shopping centers.

Assim sendo, o conceito minimalista é uma tendência, até mesmo por usar materiais de qualidade, que garantem o isolamento térmico e acústico, que assim, resultará em economias financeiras e um benefício ambiental.

Branco, sempre branco

Branco em seus diferentes tons continua a ser o protagonista no design de interiores, sozinho ou combinado com outras cores, como: preto, mostarda ou cinza. Em revestimentos de parede e pavimentos, confere luminosidade aos quartos e amplia-os visualmente.

Além disso, reflete toda a luz recebida, razão pela qual é recomendada no caso de ambientes escuros ou interiores. Usado na medida certa, por exemplo, em azulejos de banheiro, o branco lhe dará um excelente resultado estético.

O conceito de contraste

Este conceito cria ambientes de trabalho inovadores através de espaços abertos e transparentes. De acordo com a nova metodologia de trabalho, que defende a colaboração e o trabalho em equipe, os escritórios são concebidos como espaços em constante mudança e podem ser adaptados a qualquer momento às necessidades dos usuários.

O conceito de contraste é transferido para as habitações, para criar espaços multifuncionais sem divisórias entre algumas salas, ou ainda, com salas limitadas por paredes de vidro.

Desfrutando do ar livre durante todo o ano

Os terraços e varandas podem ser apreciados durante todo o ano, se você os condicionar adequadamente.

A tendência na arquitetura são os gabinetes envidraçados sem perfis, as chamadas cortinas de vidro, que permitem que o espaço se abra completamente quando chega o bom tempo. Se você tem um espaço ao ar livre, não importa quão pequeno, você pode colocar móveis e aproveitar a luz do dia dentro do seu ambiente.

Menos ruído, mais luz

O ruído é um poluente ao qual estamos expostos dentro e fora de nossas casas. É por isso que mais e mais projetos arquitetônicos são feitos pensando neste incômodo, usando distribuições e materiais que minimizam o ruído dentro dos edifícios.

Ao mesmo tempo, a tecnologia arquitetônica é desenvolvida para que os edifícios aproveitem a luz natural que recebem do sol.

Ao mesmo tempo, projetos que integram iluminação artificial da maneira mais natural possível são uma tendência, seja com holofotes escondidos entre móveis ou sob a forma de luz quente indireta.

Testes com novos métodos de construção

Durante o ano de 2019, conheceremos alguns dos resultados da experimentação com novos sistemas construtivos. Por exemplo, podemos citar a Genuine, que é uma madeira de porcelana especial para projetar quartos com um estilo elegante e único.

Outra tendência são as estruturas feitas de materiais reciclados, como plásticos. Há ainda, um avanço nos métodos tradicionais de construção, que serão implementadas para conter a destruição ambiental e combater as mudanças climáticas.

Enfim, o ano de 2019 para a arquitetura tem tudo para ser incrível do ponto de vista estético.

Autor: Portal do Arquiteto.