DICAS PARA REVITALIZAR AMBIENTES SEM OBRA

24 de março de 2017 - 03:37

Revitalizar ambientes não precisa ser sinônimo de quebra-quebra e nem de muito gasto, necessariamente. Dependendo da situação, apenas algumas ações já podem dar nova vida à decoração:

– Remanejamento dos móveis

Mudar os móveis de posição, especialmente os de grande porte, é um dos recursos com maior poder de transformação dentro de um ambiente. Alteram-se as sensações e o funcionamento do espaço. E justamente por isso é importante prestar atenção no resultado final, usando os móveis para delimitar e setorizar os ambientes. Os móveis maiores não devem estar todos concentrados na mesma área, e sim espalhados pelo ambiente, e peças muito grandes devem, preferencialmente, ser posicionadas em paredes maiores ou locais fora da passagem, para gerar sensação de proporcionalidade e não obstruir ou sufocar a ambientação.

– Arrumação geral

Arrumar os acessórios significa, a princípio, limpar e eliminar a bagunça, mas pode ir além disso. É possível, com a arrumação cuidadosa dos elementos, destacar e valorizar paredes ou cantos específicos, chamando a atenção para novos locais, ou então agrupar os objetos, ao invés de deixá-los espalhados aleatoriamente, de modo a criar maior sensação de organização.

– Revitalização de peças

Ainda sem fazer sujeira, mas investindo um pouco mais, podem ser usados adesivos decorativos em móveis ou paredes, dando novo aspecto às peças ou cantos específicos e consequentemente criando novas sensações no ambiente.

224242

– Acréscimo de plantas

[continuar lendo]