6 Dicas de Iluminação de Interiores

28 de março de 2017 - 03:08

O primeiro passo para iluminar um ambiente é fazer uma analise de quais atividades ali serão realizadas, bem como de sua função. As vezes, queremos um clima diferenciado e destacar alguns objetos. Somente após esta análise, escolhemos os tipos de lâmpadas e luminárias que iremos usar. Confira as dicas de iluminação de interiores abaixo!

Dica 1 – Luminárias Pendentes

Luminárias pendentes estão mais que na moda e são uma opção barata, principalmente para aqueles que adoram botar a mão na massa (DIY), mas é importante salientar que esses tipos de iluminação ficam ótimos sobre mesas e em pontos específicos da casa, o que não pode, é utilizá-las em ambientes de passagem e em espaços abertos, pois além de as peças poderem ficar danificadas, a utilização desses lugares pode atrapalhar o caminho e causar acidentes.

luminarias pendentes

 

Dica 2 – Iluminação em Ambientes Escuros

Ao desejar ter um ambiente escuro, devemos nos atentar para uma boa iluminação para que não se torne desagradável permanecer no recinto. Salientamos que é necessário investir em um bom jogo de lâmpadas, tomando cuidado para que agregue beleza à decoração.

Dicas de Iluminação de Interiores ambientes escuros

 

Dica 3 – Difusa ou Focada?

Podemos utilizar a iluminação para transformar ambientes, para isso, gosto de obedecer a uma regra simplista:

-Difusa, em casos para espalhar a iluminação no ambiente, use lustres, abajures e plafons;

-Focada, em casos de direcionar e evidenciar a iluminação em pontos específicos use embutido e spots.

Na imagem abaixo temos um belo exemplo que não devemos seguir ao usar luminárias spots. Geralmente são lâmpadas que aquecem muito, a exemplo da lâmpada AR111, tornando-se assim, inviável utiliza-las para leitura, a não ser que queira adquirir um bronzeamento artificial e de quebra um câncer de pele.

Dicas de Iluminação de Interiores difusa focada

 

Dica 4 – Lustres de Cristais

Em lustres de cristais, o uso de lâmpadas frias não cai muito bem, pois a refração é, em sua maior parte, impedida.

lustre cristal

 

Dica 5 – Luminárias de Chão

Existem outras maneiras de trazer luz para sua casa sem que seja pelo teto. Use e abuse de abajures e luminárias de chão para iluminar a sala e o quarto. Além de darem uma incrementada na decoração, não é necessário se comprometer a fazer obras, pois dispensam instalação. Essa é uma das dicas de iluminação de interiores mais simples e com um resultado notável.

luminaria chão

 

Dica 6 – Iluminação em Ambientes Pequenos

Em ambientes pequenos, é aconselhável que se use iluminação difusa como iluminação principal, mas prefira um modelo de lustre simples e pequeno, assim, o ambiente ficará com aspecto que é maior.

A iluminação dirigida como abajures, luminárias de chão, arandelas, iluminação embutida em móveis, parede ou forro para criar cenas, também pode ser utilizada, mas tome cuidado com o exagero, pois pode acabar acontecendo de deixar o ambiente com sensação que é menor. A dica é: se optar pelo uso, faça em apenas um ou no máximo dois pontos distintos do cômodo.

 

Dicas de Iluminação de Interiores ambientes pequenos

 

Fonte: http://dicasarquitetura.com.br/6-dicas-de-iluminacao-de-interiores/